Coxinhas, Reaças e opiniões de merda

Um dos reflexos dessa nossa “Era da Informação”, é a necessidade de se ter opinião sobre tudo. Sobre QUALQUER coisa.

opiniãoQue aliás, você valoriza excessivamente…

E opinião é algo extremamente pessoal.

De acordo com o Dicionário Priberam:

o·pi·ni·ão
(latim opinio, -onis)

substantivo feminino

1. Modo de ver pessoal. = IDEIA

2. Juízo que se forma de alguém ou de alguma coisa.

3. Adesão pessoal ao que se crê bom ou verdadeiro. = CONVICÇÃO, CRENÇA

4. Manifestação das ideias individuais a respeito de algo ou alguém (ex.: dar a sua opinião). = PARECER, VOTO

5. Credo político. (Usado também no plural.) = CRENÇA

6. [Informal]  Sentimento exagerado de orgulho ou confiança em si próprio. = AMOR-PRÓPRIO, PRESUNÇÃO

“opinião”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/opini%C3%A3o [consultado em 01-02-2014].

Destacamos ainda mais o conceito 4, e a parte de ideia INDIVIDUAL.

Sendo assim, Opinião é algo que pertence a aquela pessoa, e a ela somente. Na formação de tal conceito, a pessoa levou em conta experiências próprias, conhecimentos adquiridos, opiniões de outros, e sempre, uma boa dose de questões relacionadas à Educação familiar que essa pessoa teve. Independente de essa formação familiar ter sido “correta” ou não, ela forma uma boa base do que o ser leva para sua vida.

Mas por ser individual, e baseada em conceitos (e alguns preconceitos, que TODOS temos, sem exceção) pode até ser considerada fora da normalidade. Mas uma vez que a “normalidade” é um conceito EXTREMAMENTE mutável, uma opinião pode ser algo errado para você, que vive numa visão de universo, mas correto para outro.

Claro que, sempre há os conceitos e opiniões que EFETIVAMENTE estão fora de qualquer parâmetro humano. Tomo como exemplo a crença de certas comunidades especialmente localizadas no Oriente Médio e na África, de extirpar o clitóris das mulheres, numa crença (“opinião”) de que a mulher não deve sentir prazer, que seria algo pecaminoso, dentro de sua cultura. Aqui, a discussão não se encerra em opinião, em crença: vai muito além, no que tange ao direito humano, de não ser privado de si mesmo, ou no caso, de seu prazer. Além de qualquer discussão sexista ou em torno de prazer, nos referimos à mutilação de um ser humano, independente de seu sexo.

Mas nossa referência aqui se relaciona com o atual momento em nosso país, e o excesso de opiniões, nem sempre bem fundamentadas, sobre o que seria certo ou errado, ou o que é válido ou não.

Esquerdistas e Direitistas clamam estar certos, cada um com seus ideais de qual é o melhor sistema. Mas esquecem que de qualquer forma, seria um sistema, e sendo assim, coordenado e dirigido por seres humanos, corruptíveis. E sendo assim, NÃO IMPORTA o sistema… Sempre haverá alguém tirando vantagem.

Direita-x-Esquerda_thumb[1]Porque REALMENTE é só assim que dá pra dividir o mundo…

Um desses dias estava no Facebook, e em dada página, iniciou-se uma discussão sobre uso da violência em manifestações. Não por parte da polícia, mas dos manifestantes. Eu mesmo apontei para falta de necessidade de violência, lembrando que Gandhi libertou a Índia através disso, sem contar quando conseguiu a união dos muçulmanos e brâmanes, através de um jejum (pra quem não sabe História, Gandhi fez um jejum até que seus irmãos indianos parassem de lutar uns contra os outros; a trégua veio com os líderes de ambas as facções implorando para que ele comesse). Claro que, no processo da independência da Índia, milhares morreram. Pra quem sabe da História, milhares MESMO. Chacinados, massacrados. Eles simplesmente não lutavam. Apenas caminhavam, e eram fuzilados por soldados ingleses. Tudo isso fez com que as atenções internacionais se voltassem para lá, pressionando a Inglaterra a conceder a independência ao país. Não obtive resposta na discussão, mas pergunto: desses que incitam, corroboram e apoiam a violência, quantos estariam realmente dispostos a dar suas vidas por um ideal? Ou só é bacana destruir propriedade privada, apenas para mostrar que você tem uma questão de agressividade não dirigida?

GandhiBem dito, Mahatma…

E a eterna discussão sobre a homossexualidade? Meu amigo, se o cidadão gosta de fazer sexo daquela maneira, o problema é DELE, não seu. Ele não precisa da sua salvação. Mesmo porque, apenas lembrando, Deus é AMOR, e pediu de nós apenas que amassemos uns aos outros. Só lembrando, o que se encontra no Levítico eram regras pra manter o povo hebreu vivo durante a peregrinação no deserto. Lá também diz que você só deve usar roupas de algodão, deve usar barba, e que é “de boa” ter escravos. Mas você só usa o que lhe convém, né?

felijesusPreciso dizer mais?

Por outro lado, me perdoem, MESMO, mas eu considero desagradável mesmo quando um casal heterossexual se excede em carícias na rua. NÃO IMPORTA sua orientação ou gosto sexual, NINGUÉM precisa ver o que você faz na intimidade. Não apoio de forma alguma a violência contra os homossexuais, aliás, não apoio QUALQUER TIPO de violência. Sim, os que cometem esse tipo de atrocidade tem que ser presos, levados à justiça. E esse tipo de comportamento não pode continuar.

beijo-felix-nikoEu apoio, se não ficou claro.

Antes que eu comece a falar sobre a discussão se é “biscoito” ou “bolacha”, vou parar com os exemplos.

A questão que quero trazer aqui é: independe sua opinião sobre qualquer assunto, ela é SUA.

Você pode ser julgado ou discriminado por ela? De jeito nenhum. Aqueles mesmos que clamam por compreensão, compreendam que você tem a sua opinião por uma razão. E vai viver de acordo com isso, ou não. Talvez, se você conseguir, possa mudar essa opinião, demonstrando, através de um exemplo, através de uma boa argumentação. Mas não enfie as suas opiniões goela abaixo dos outros.

Você não quer ser forçado a aceitar a realidade dos outros? Não force a sua sobre eles.

Como diria o Sr. K, do Nerdcast: “Faça o que bem entender, mas não me encha a porra do saco!

 keep-calm-and-tenha-um-bom-dia-5

E por favor, não empurre suas opiniões pros outros.

Anúncios

Um pensamento sobre “Coxinhas, Reaças e opiniões de merda

  1. Pingback: Coxinhas, Reaças e opiniões de merda | Rock me ON: mexendo com você até não poder mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s