AQUECIMENTO PRAS AULAS: Como surgiu a Psicologia?

E aí, gente, preparados pro fim das férias? Já planejando o luto pelo óbito das suas horas livres?

Hoje, começando  o aquecimento pra esse novo ano de Estudos, trago pra vocês uma resenha do livro “A Construção do Eu na Modernidade: da Renascença ao Século XIX”, de Pedro Luiz Ribeiro de Santi.

1386787707_576579791_2-A-construcao-do-eu-na-Modernidade-Da-Renascenca-SorocabaPequeno, mas satisfaz! 😀

O Autor é Psicanalista. Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1987), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Atualmente é professor titular e pesquisador do CAEPM (Centro de altos estudos em propaganda e marketing) da Escola Superior de Propaganda e Marketing e coordenador e professor da Especialização em Teoria Psicanálitica da COGEAE/Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. (Fonte: Currículo Lattes)

O livro trata basicamente, da construção do Eu através dos séculos, desde a Renascença (dã, o título fala isso) até o início do século XIX (dã de novo), pouco antes da revolução iniciada por Wundt.

Sempre é bom lembrar, para incautos e neófitos (sim, Tio Edu comeu sopa de letrinhas no jantar), que para o surgimento da Psicologia como ciência, e anterior ao surgimento mesmo de Freud e a Psicanálise, houve todo um movimento necessário, através da História, para propiciar seu surgimento.

Pedro Luiz (somos íntimos, até parece) descreve com um vocabulário não excessivamente técnico todo o conjunto de pensamentos e ideologias que foram se criando, desfazendo, reiniciando e regredindo para o surgimento da individualidade, e sendo assim, do Eu, e especialmente, do Eu como objeto de estudo para a ciência que viria a surgir. Analisa propostas filosóficas, culturais (e isso é uma grande riqueza do livro, que demonstra através da arte, como a pintura e música, nuances claras da época), políticas, etc. Traz vários panoramas para o surgimento do pensamento filosófico científico que viria a se tornar uma das bases dessa ciência que tanto amamos.

Para quem está iniciando, ou para quem precisa relembrar as disciplinas de História da Psicologia ou Teorias e Sistemas Psicológicos (os nomes mudam dependendo da instituição, mas acabam sendo as mesmas matérias 😛 ), é uma ótima pedida. O livro é relativamente dificil de achar, em algumas livrarias só sob encomenda. Mas não é caro (R$ 40,00 na Livraria Cultura) mas vale cada centavo.

O professor doutor também é bem simpático, articulado e gente boa, como pode ser visto aqui e aqui.

Aproveitem, galera. 😉 (e não, não estamos ganhando um único tostão pela divulgação. Ainda.)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s